Briga entre alunos do ICLS



Eu tava aqui na diretoria, de boa, mandando advertência pros alunos rebeldes, até que me chega uma “reclamação formal” de outro aluno.

Só troquei o nome dos envolvidos.

Vai vendo:
 

=====
Quero aqui, formalmente, fazer uma reclamação de assinante do ICLS chamado Francisco Cervantes, fone (11) 96749-9999

Tentei contactar com ele no privado, ficou pior porque ele usou até isso para me atacar novamente com gracejos.

O dialogo anexo, nas últimas postagens falam por si. É uma pessoa totalmente sem preparo para lidar com o NOME e o trabalho voluntário dos grupos no whatsapp criados.

Se tenho, fiz algo errado, foi por pura inexperiência(para ele é que sou semi-analfabeto e que tenho de comprar livro de Português/gramática).

Fora varios xingamentos e humilhações públicas à minha pessoa, inclusive com gargalhadas virtuais. Revidei porque não sou covarde.

Cuidem, serio, do NOME de vocês: estão nas mãos de gente totalmente despreparada.
=====
 

Dada a formalidade da reclamação, segue o pronunciamento oficial:
 

— 1: Não adianta me enviar um histórico de WhatsApp com exatas 228 páginas de papel A4. Eu não vou ler.

— 2: Eu não tenho cara de diretora de escola. Não adianta reclamar do coleguinha. Eu não vou ligar pra mãe dele mandando advertência.

— 3: Se você só está ofendido, por favor, não disfarce a ofensa com preocupação pelo “nome do ICLS”.

— 4: O único grupo oficial do ICLS é o nosso grupo de Facebook (http://www.icls.com.br/facebook). A gente não cuida de nenhum outro grupo de WhatsApp, ICQ, mIRC, MSN Messenger, Orkut ou Disk Amizade.

— 5: Se um aluno for atacado por outro, que se defenda e acabe com o cara. Se apanhar, que fique mais forte e faça uma revanche. Life is hard.

— 6: Não leve a sua “vida virtual” a sério.

— 7: Se você se sente publicamente humilhado com gargalhadas virtuais, talvez você realmente tenha um problema.
 

Aqueles que não concordam com os itens acima, por favor, não percam o seu tempo assinando o ICLS.
O que mais tem é curso na internet feito pra você se sentir bem.

Já aqueles que estiverem de acordo, podem assinar aqui:
http://www.icls.com.br/assinatura

Meydjer Windmüller