Santo Antão esnobando os outros (+ BÔNUS MONÁSTICO)



Hoje é dia de Santo Antão.

E hoje eu recebi um email (mais pra baixo eu mostro, tem uma surpresa) que me fez lembrar da seguinte história dele:

Teve uma vez que um discípulo de Santo Antão chegou correndo, todo alvoroçado, pra avisar que o imperador de Roma queria falar com ele.

Só que ele tava bem no meio da oração.

Aí, Santo Antão virou pra ele e falou:

“E eu tava aqui falando com o próprio Deus. Grandes coisa.”

[Esnobada a nível imperial]

Tô citando de cabeça.

Mas foi mais ou menos assim.

Lembro que quando eu li isso pela primeira vez eu pensei: “Caramba! Eu queria falar com Deus assim e ter ESSE senso das proporções.”

E foi o email que eu recebi hoje do Irmão Guilherme que me fez lembrar disso (Ele é monge no mosteiro trapista de Campo do Tenente. Eu já me hospedei lá e qualquer dia eu conto como foi)…

Aí vai:

=====
[…] Hoje, 17 de janeiro, celebramos a memória de Santo Antão do Egito (ou do Deserto), também chamado “pai dos monges”.

Como o Prof. Luiz Gonzaga não se cansa de dizer, o conhecimento e a imitação da vida dos Santos é o mais excelente caminho para a santidade.

Neste sentido, a “Vida de Santo Antão”, escrita pelo grande bispo de Alexandria Santo Atanásio (que foi seu discípulo e filho espiritual), é um “prato cheio”. [...]

Desta biografia vem o texto que envio em anexo, que narra a conversão de Santo Antão. Este é um dos textos lidos nos mosteiros na festa litúrgica deste dia. [...]

Fraternalmente,
Ir. Guilherme
=====

Eu pedi pra ele pra compartilhar o texto contigo e ele respondeu:

— “Sim, para mim seria uma alegria poder ajudar. […] A fonte da leitura é o Lecionário Monástico para o ofício de Vigílias.”

Então, aí vai o link pro bônus monástico: http://icls.com.br/antao

Gostou?

Tá afim de conhecer a vida de Santo Antão?

Quer entender como foi possível ele ter feito o que ele fez?

Show.

O Gugu já falou (e muito) sobre ele no curso Os Santos que Abalaram o Mundo.

A primeira aula já é sobre Santo Antão.

Esse curso é MUITO BOM.

Tipo…

MUITO, MUITO BOM.

Ele foi mencionado um monte de vezes nos depoimentos que os alunos do ICLS enviaram.

(Aliás, eu ainda não consegui publicar todos os depoimentos, mas já tem alguma coisa lá na página de assinatura).

Então, se você quer seguir o conselho de conhecer e imitar a vida dos santos pra ter um caminho real de santidade, é bom começar por Santo Antão (e eu digo: ele é um chute na costela de qualquer um que “tem Deus no coração”).

Pra ter acesso a esse curso (e a todos os outros) é só assinar o ICLS aqui:
http://www.icls.com.br/assinatura/

Meydjer Windmüller